Gema do mês de Outubro

Gema do mês de Outubro

Last Updated on 20/09/2020 by Prana

Gema do mês de Outubro, a Opala esta associada ao signo astrológico de Balança.

A Opala é uma das gemas que mais lendas e histórias originou ao longo dos tempos, o que engrandece a sua aura de mistério.

O seu nome, tem origem no sânscrito upala e significa, precisamente, gema ou pedra preciosa. Simboliza a pureza, a verdade e a esperança.

Genericamente podemos dividir a Opala em dois tipos, a nobre e a comum. As opalas nobres são as que têm jogo de cores, e as opalas comuns são normalmente opacas e apresentam cores pastel claro, azul, rosa, branco ou bege.

 

Gema do mês de Outubro

 

Opala é a gema do mês de Outubro

Plinio, o autor Romano, escreveu no livro História Natural que a Opala era a gema mais difícil de descrever e a comparava ao rubi, à ametista e à esmeralda. Facto é que uma Opala de boa qualidade, apresenta cores mais variadas e vibrantes do que qualquer outra gema.

No Império Romano, a Opala foi considerada a mais preciosa de todas as gemas. Nessa altura a proveniência das opalas era das minas da Eslováquia, nos Cárpatos, que hoje em dia estão já exauridas.

Ao longo da história, uma das Opalas mais famosas é conhecida como a Órfã, que era a peça central da coroa Imperial do Sacro Império Romano Germânico. Existem várias descrições dela, mas não se sabe como, desapareceu nos tempos do Imperador Carlos IV.

Hoje em dia 98% das opalas nobres do mundo provém da Austrália. A Opala de Fogo encontra-se em minas situadas no México.

A Opala Andina, a Amarela e a Rosada, entre outras, pertencem ao grupo das opalas comuns.

 

Opala em matriz

 

Origem e composição da Opala

O fabuloso e característico jogo de cores das opalas nobres, está ligado à sua composição química e a sua estrutura molecular. É um dióxido de silício hidratado com a seguinte fórmula química SiO2.NH2O.

A sua origem é a chuva. Há milhares de anos atrás, a água entrou nas rochas e misturou-se com sílica dissolvida. Quando chegaram períodos de seca, a maior parte da água evaporou-se e o resto da sílica que ficou nas gretas das rochas formou a Opala.

 

Propriedades energéticas da Opala

A Opala é considerada a gema mais poderosa de todas, por dar sorte e ampliar a capacidade de intuição e vidência. O seu uso regular traz à superfície todo o potencial, bloqueado ou oculto, da pessoa.

Gema do mês de OutubroEmocionalmente as opalas trazem tranquilidade ao estado de espírito, proporcionando uma maior harmonia interna. São apropriadas para quem tenha uma natureza precipitada e com tendência a não finalizar os seus objetivos.

É uma pedra preciosa de grande vitalidade que ressoa com todo o sistema energético do corpo e portanto pode ser utilizada para equilibrar qualquer chakra.

Uma das propriedades que fascinava os antigos Romanos em relação a esta gema, era a invisibilidade. Se bem que a Opala não nos vai fazer desaparecer fisicamente, este é um cristal para usar em momentos nos quais gostaríamos passar desapercebidos.

É um cristal indicado para artistas, escritores ou para quem necessite de ter sempre por perto a sua musa inspiradora, pois amplifica a criatividade.

Devemos ter em atenção que a Opala possui uma função kármica intensa, pois amplifica e devolve à fonte os pensamentos e as emoções.

A Opala Andina em particular, é excelente para nos acompanhar numa viagem astral, pois protege e ajuda a projetarmo-nos espiritualmente.